top of page
  • Foto do escritorVBIO

Insights pós-COP28: bioeconomia, ação climática e a jornada rumo à COP30

Webinar realizado pela GSS Carbono e Bioinovação em parceria com a VBIO e o Movimento Climático Repenso apresentou os principais destaques da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2023


Insights pós-COP28: bioeconomia, ação climática e a jornada rumo à COP30

Em um mundo cada vez mais comprometido com a sustentabilidade, o webinar "Insights pós-COP28: Bioeconomia, Ação Climática e a Jornada Rumo à COP30" surge como uma análise aprofundada dos desdobramentos da COP28. Realizado virtualmente em 15 de dezembro de 2023, com a condução de Fernando Mallmann, head de Inovação da GSS Carbono e Bioinovação, e como convidados Francine Leal e Paulo Zanardi Jr., sócios da GSS Carbono e Bioinovação, VBIO e do Movimento Repenso. O evento proporcionou uma oportunidade única para entender os impactos diretos dos acordos alcançados na conferência global sobre a bioeconomia e as estratégias climáticas corporativas. 


Participação Ampliada da Iniciativa Privada e Sociedade Civil

A COP28 destacou-se como uma edição singular ao testemunhar a participação ativa da iniciativa privada e da sociedade civil, transformando o evento em um espaço não apenas para discussões políticas entre nações, mas também para a criação de políticas que envolvem setores diversos. Com aproximadamente 200 países representados, o Brasil desempenhou um papel proeminente, trazendo uma delegação robusta que incluía líderes empresariais, gestores, profissionais de sustentabilidade, políticos, ONGs e consultores, todos focados em ações climáticas e biodiversidade. 


Recorde de Público e Participação Brasileira

A COP28, realizada em Dubai, alcançou um marco significativo ao atrair mais de 97 mil participantes, um aumento considerável em relação às edições anteriores. O Brasil, com cerca de 3 mil credenciados, teve uma presença expressiva, evidenciando o interesse e envolvimento da sociedade civil brasileira nas discussões climáticas globais. A criação do Pavilhão Brasil na COP, um espaço dedicado a debates e eventos conduzidos por diferentes setores, demonstrou a diversidade e representatividade do país no cenário internacional.


Anúncios e Compromissos Brasileiros

O evento foi marcado por anúncios significativos que delineiam o comprometimento do Brasil com a agenda climática global. Destaques incluíram a doação de R$ 250 milhões pela Noruega ao Fundo Amazônia, reconhecendo os esforços do Brasil na redução do desmatamento; a comunicação, feita pelo ministro Alexandre Silveira de Minas e Energia, de investimentos de R$ 200 bilhões até 2037 em biorrefino, com foco em combustíveis sustentáveis de aviação, como o SAF (sustainable aviation fuel, em português, combustível de aviação sustentável), diesel verde e outras inovações; a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, divulgou um acordo de € 25 milhões (R$ 134 milhões) para restauração florestal na transição da Amazônia e Cerrado; a ministra de Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, anunciou editais de quase R$ 21 bilhões para projetos de transição energética, bioeconomia, infraestrutura e mobilidade; firmada uma parceria de cooperação com o Reino Unido para descarbonização da indústria brasileira; a apresentação, feita pelo do Ministério da Ciência e Tecnologia, do Sistema Nacional de Relato das Emissões de Gases de Efeito Estufa, sob consulta e previsto para operar em 2024. Embora a esperada lei do mercado de carbono não tenha sido firmada, outros anúncios sinalizam um comprometimento substancial com metas ambiciosas, fortalecendo o compromisso brasileiro com a sustentabilidade e ações climáticas.


Sociobioeconomia e Empoderamento Feminino

O webinar abordou a interconexão entre biodiversidade, segurança alimentar e sociobioeconomia. Francine Leal provocou reflexões sobre o potencial de exportação de alimentos brasileiros, ressaltando a necessidade de promover uma agricultura mais sustentável. Além disso, destacou-se a relação entre biodiversidade e questões sociais, como a violência doméstica. O empoderamento feminino foi apresentado como um elemento-chave para transformar dinâmicas sociais e impulsionar agendas climáticas globais. 

 

O webinar não apenas ofereceu uma visão crítica dos eventos da COP28, mas também se consolidou como um fórum relevante para diversos setores interessados em soluções climáticas sustentáveis. Os insights proporcionados pelos líderes da GSS Carbono e Bioinovação, VBIO e Movimento Repenso servirão como guias cruciais para empresas, governos e organizações que buscam moldar estratégias futuras. O evento não apenas abordou desafios, mas também destacou oportunidades e compromissos que moldarão o caminho rumo à COP30 no Brasil e, por extensão, o futuro da agenda climática global. 


Se você ficou curioso sobre esse resumo, assista ao webinar na íntegra:



Комментарии


bottom of page